Irashaimasse... Este espaço é "irmão" da comunidade do orkut Movimento Dekassegui no Japão. Chamei-a assim porque há muitos dekasseguis (pessoas que saem de sua terra natal para trabalhar temporariamente em outro lugar) e eu faço parte desta comunidade de filhos e netos de japoneses que migraram para o Brasil. Domo arigato gozaimasu.

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Correio do Japão é privatizado

takiyubin.jpg

Novas agências oferecem serviços diferenciados como venda de ingressos de cinema e correio 24 horas
Tokyo - ipcdigital.com

Com a privatização, a instituição pública passará a ser um grupo privado de cinco empresas. O novo grupo, chamado JP Group, será formado por uma empresa holding e mais quatro subsidiárias, nas quais duas delas cuidarão dos serviços de correio, e as demais ficarão encarregadas dos serviços bancários e seguradoras. A nova empresa contará com um quadro de funcionários de mais de 24 mil pessoas e se tornará o maior grupo empresarial do país.
O correio tem investido em panfletos explicativos e companhas publicitárias com o intuito de tranqüilizar a população com relação à mudança.
A carta simples com menos de 25 g continuará custando ¥80 para o território japonês e ¥130 para o exterior. Assim como os postais simples que continuam sendo vendidos a ¥50 para dentro do país e ¥70 para fora do país. A remessa internacional também não sofrerá nenhum tipo de alteração, de acordo com o setor responsável do correio. Carta registrada, cartão de ano-novo simples ou com número que dá direito a concorrer prêmios continuarão a ser vendidos normalmente.<
A maioria dos serviços oferecidos pelo correio não sofrerá mudanças drásticas do ponto de vista dos clientes. Para envio e recebimento de cartas, o correio continuará prestando os mesmo serviços. No setor de entregas de encomendas, o novo correio terá de competir com empresas privadas como a Yamato ou Sagawa, que já atuam neste ramo há décadas.
O aumento da concorrência deve beneficiar os clientes que poderão esperar por serviços diferenciados. Dependendo da estrutura da agência, estuda-se introduzir na gama de serviços a venda de artigos de papelaria, utensílios domésticos e até ingressos para cinema. Está sendo planejada também a inclusão do atendimento 24 horas para algumas agências.
Já é possível encontrar algumas agências do correio que prestam serviços que antes só poderiam ser encontrados na prefeitura. Em 396 agências espalhadas por 110 cidades é possível conseguir uma cópia dos comprovantes de registro de residência, de carimbo etc. Passes múltiplos para ônibus pode ser comprado em 1012 agências.<
Aumento de taxa
Os serviços bancários e seguros não sofrerão maiores alterações. Para depósito em conta corrente, o limite continua em ¥ 10 milhões. Este limite poderá ser abolido com o final do processo de privatização previsto para 2017.
Quem utilizar aos caixas eletrônicos dos correios, no entanto, deve ficar atento para o aumento das taxas de serviços. Por exemplo, a atual taxa para fazer uma transferência no caixa eletrônico de um valor maior de ¥ 10 mil e menor de ¥ 100 mil, é de ¥110. Com a mudança, a taxa será de ¥ 80 para transferência de até ¥ 30 mil e de ¥ 290 para valores maiores.