Irashaimasse... Este espaço é "irmão" da comunidade Movimento Dekassegui no Japão. Chamei-a assim porque há muitos dekasseguis (pessoas que saem de sua terra natal para trabalhar temporariamente em outro lugar) e eu faço parte desta comunidade de filhos e netos de japoneses que migraram para o Brasil. Domo arigato gozaimasu. zanguio.com.br

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Zeca Camargo desembarca no Japão

Apresentador do “Fantástico” passará três semanas no país produzindo matérias focadas no centenário

Tokyo - ipcdigital.com

A contagem regressiva para o aniversário de cem anos da imigração japonesa no Brasil, que será comemorado em junho de 2008, acaba de atrair mais um rosto conhecido da tevê brasileira para se aventurar em território nipônico. Depois de Serginho Groisman, do Altas Horas, quem agora desembarca na Terra do Sol Nascente é Zeca Camargo, repórter e apresentador do Fantástico, também da rede Globo.

Zeca Camargo tem gravações marcadas em Tokyo, Kyoto, Toyama e Okinawa ( )

Nas próximas três semanas, ele explorará os quatro cantos do país com o intuito de conhecer o seu lado moderno, as suas tradições e a diversidade dessa cultura milenar.

“Queremos mostrar a culinária do Japão, a moda, a cultura em geral”, destaca o repórter, que passará os próximos dias produzindo matérias não só na capital japonesa, Tokyo, mas também em províncias como Kyoto, Toyama e Okinawa, sempre acompanhado por uma equipe da IPCTV.

“Tenho uma curiosidade especial em conhecer Okinawa, sempre me disseram que é um lugar super interessante”, comenta Zeca, que começou a sua aventura explorando o caos urbano de Tokyo nos bairros de Shibuya e Omotesando, onde conferiu a vida noturna da cidade e o movimento dos “fashionistas” de plantão.

Questionado sobre as suas primeiras impressões acerca da capital nipônica, o apresentador do Fantástico mostrou que, apesar de já ter explorado todos os continentes do planeta na série “A Fantástica Volta ao Mundo”, exibida em 2004, sempre consegue se surpreender nas novas viagens. “Tokyo é um lugar onde é possível ver tradição e modernidade ao mesmo tempo. Talvez lembre um pouco Hong Kong”, arrisca ele, alegando estar impressionado com a vibração da cidade, onde esteve apenas de passagem nos anos de 1998 e 1999.

Para os que já estão curiosos em conferir o resultado final da passagem de Zeca pelo Japão, ele adianta que o trabalho só irá ao ar no primeiro semestre do ano que vem, justamente com os preparativos para o centenário da imigração. A matéria completa da visita dele ao país, contendo detalhes da programação do apresentador do Fantástico, poderá ser conferida na próxima edição do jornal International Press.

Postar um comentário