Irashaimasse... Este espaço é "irmão" da comunidade do orkut Movimento Dekassegui no Japão. Chamei-a assim porque há muitos dekasseguis (pessoas que saem de sua terra natal para trabalhar temporariamente em outro lugar) e eu faço parte desta comunidade de filhos e netos de japoneses que migraram para o Brasil. Domo arigato gozaimasu.

terça-feira, 4 de março de 2008

Urashima Taro

Acabo de ver que a historinha do Urashima Taro está sendo apresentada no Sesc Ipiranga. Esta história, como outras muito tradicionais da cultura japonesa, me foram contadas e cantadas (cantadas mesmo, com palmas de lado, bem japonesinhas) pela minha Batian, na sala de casa, com todos sentadinhos em volta dela no chão. Ai, que saudade!
Para ajudar, Enzo adora esta história. Minha sogra, muito atenciosa, presenteou-o com um livro do Urashima Taro há alguns anos.
Olhe, os dois videos do youtube que achei com uma paródia da historinha que fala da saudade que o pescador sentiu da sua terra e o fez abandonar o reino submerso no qual vivia feliz.




Abril no Centenário da Imigração Japonesa | Agenda | Cia. Pé no Canto conta a história do pescador Urashima Taro
Cia. Pé no Canto conta a história do pescador Urashima Taro

Os conceitos e valores universais encontrados na clássica história japonesa do pescador que viaja nas costas de uma tartaruga foi o ponto de partida para a Cia. Pé no Canto, da Cooperativa Paulista de Teatro, montar a peça “As Aventuras de Urashima Taro – Uma História do Pescador” com música ao vivo, máscaras, bonecos e ilusionismo.

O grupo recebeu prêmio PAC (Programa de Apoio à Cultura) de projetos inéditos da Secretaria de Estado da Cultura em 2007. A peça estra em cartaz no SESC Ipiranga, em São Paulo, do dia 2 de março a 27 de abril.

O espetáculo é baseado na história de um jovem pescador chamado Urashima Taro, que ganha uma aventura mágica ao tomar uma atitude que mostra simpatia e responsabilidade – no caso, ele salva uma tartaruga. Ele é então levado ao fundo do mar, para os domínios da Princesa Dragão. Ali, toma um lanchinho com a soberana e acaba estendendo a visita por mais tempo do que deveria.
Após um período de experimentações, o pescador lembra-se da vila onde vivia e, especialmente, da mãe. Resolve, então, retornar para contar as novidades e avisar que voltaria ao mar. Mas Urashima Taro, agora um homem, assusta-se ao descobrir que, enquanto estivera fora, 300 anos haviam se passado na terra.
O SESC Ipiranga fica na rua Bom Pastor, 822, Ipiranga, São Paulo. A censura é livre e a peça tem duração de 50 minutos.


Serviço
  • As Aventuras de Urashima Taro – Uma História de Pescador
  • Onde: Sesc Ipiranga
  • Endereço: R. Bom Pastor, 822, Ipiranga, São Paulo (SP)
  • Quando: De 2 de março a 27 de abril. Aos domingos, às 16h
  • Quanto: R$ 3 (trabalhador no comércio e serviços matriculados e dependentes), R$ 4,50 (usuário matriculado, estudante e 3° idade) e R$ 9 (outros)
  • Contato: Tel.: (11) 3340-2000 ou 0800-118220
  • Site: www.sescsp.org.br