Irashaimasse... Este espaço é "irmão" da comunidade Movimento Dekassegui no Japão. Chamei-a assim porque há muitos dekasseguis (pessoas que saem de sua terra natal para trabalhar temporariamente em outro lugar) e eu faço parte desta comunidade de filhos e netos de japoneses que migraram para o Brasil. Domo arigato gozaimasu. zanguio.com.br

terça-feira, 4 de março de 2008

Hina Matsuri: o dia das meninas

chirashi, kokeshiSe não fosse a Herika, do °o.O Fragmentos O.o°, eu teria esquecido completamente do Hina Matsuri. E adoro este festival, apesar de não ter tido uma "herdeira" para minhas bonecas!

O festival das bonecas ou das meninas, como também é chamada a data, é celebrada no dia 3 de março. Como cheguei no Japão no dia 06 de fevereiro, foi a primeira data comemorativa que acompanhei, ainda muito perdida e super curiosa. Lembro nitidamente de um altar (hinadan) de bonecas (hinaningyo) da Hello Kitty que vi à venda no Jusco e até hoje tenho arrependimento de não ter comprado - na época eu pensava que seria para uma filha. Teria sido igual ao meu kimono (presente da Batian quando eu era bebê) que guardei e também não tem herdeira.
Bom, neste dia, as bonecas são dispostas na casa junto com flores de pessegueiro, repetindo a idéia nascida de um costume chinês (sempre os chineses a criar e os japoneses a aprimorar e popularizar a cultura, mas isso é outro papo). A tradição chinesa dizia que a má sorte era transferida para as bonecas e os donos podiam se livrar da má sorte largando as bonecas no rio. A Renata Shimura contou esta história no post dela. E a Chiaki, do Blog da Redação (do Abril no Centenário da Imigração) lembrou que as bonequinhas do Hinamatsuri tomam vida no filme Sonhos, de Akira Kurosawa. Eu falei sobre meu carinho por este filme no post Sonhos (Yume) de Hinamatsuri.

"Depois do dia de Hina matsuri, os pais têm que levar as bonecas o mais longe possível, porque a tradição diz que se não fizerem isso, suas filhas não serão capazes de se casar ou se casarão bem tarde." (Leia todo o post aqui)

No Hina Matsuri soma-se sake adocicado e come-se chirashi sushi, como o da imagem ao lado, do post chirashi for hina-matsuri.
No Jornal Tudo Bem soube que alunos da Universidade de Aichi foram até a escola Alegria de Saber de Toyohashi mostrar às crianças brasileiras como é o Hina Matsuri. Lá tem fotos do encontro.

Para completar, colo abaixo parte do post da Herika sobre o tema e deixo o convite para conhecerem o blog dela. :)
Hina matsuri e ano bissexto
Hinadan
Comemorado no terceiro dia do terceiro mês do ano, o Hina Matsuri simboliza o dia das meninas. E como é época das flores do pessegueiro desabrocharem também é conhecido como Momo no Sekku (Festival do Pêssego).
É montada uma plataforma no formato de escada coberta com pano vermelho onde são colocadas bonecas, as Hina Ningyo vestidas com roupas da corte do Perído Heian
(794-1185), representando o imperador (Odairisama), a imperatriz (Ohinasama), 3 senhoras da corte (San'nin Kanjo) e 5 músicos (Go'nin Bayashi). Também são dispostos miniaturas diversas (ferramentas, carruagens, etc), 2 ministros (Zuishin), 3 servos (Eji), flores de cerejeira, de pessegueiro, comida (Hina arare e Hishimochi) e Shirozake (sake não alcoólico feito a partir do arroz fermentado podendo ser consumido por crianças).
Leia mais aqui.

Outras vozes, mesmo tema:
Postar um comentário