Irashaimasse... Este espaço é "irmão" da comunidade Movimento Dekassegui no Japão. Chamei-a assim porque há muitos dekasseguis (pessoas que saem de sua terra natal para trabalhar temporariamente em outro lugar) e eu faço parte desta comunidade de filhos e netos de japoneses que migraram para o Brasil. Domo arigato gozaimasu. zanguio.com.br

quinta-feira, 6 de março de 2008

Tokyogaqui leva butô, culinária e o Japão pop para a Paulista

Abril no Centenário da Imigração Japonesa | Agenda | Tokyogaqui leva butô, culinária e o Japão pop para a Paulista

Kunihiko Hataseb/Divulgação
O grupo japonês Yubiwa Hotel

Durante oito semanas, o projeto “Tokyogaqui”, que abre no dia 15 de março, no Sesc Avenida Paulista, traz ao público elementos da tradição, do pop, do consumo e da arte contemporânea japonesas por meio de performances, instalações, danças e debates. A proposta é mostrar diferentes imagens da capital japonesa na cidade São Paulo. Os eventos acontecem em três andares do prédio e vão até o dia 4 de maio.

No espaço “Tradição pop”, no quinto andar do prédio, os visitantes poderão conhecer as culturas tradicional e pop japonesas, suas conexões e distanciamentos. Grupos contemporâneos japoneses, como o Yubiwa Hotel (15, 16, 18 e 19 de março), e artistas brasileiros, como Letícia Sekito (22 e 23 de março) e Elisa Ohtake (29 e 30 de março), mostram seus trabalhos nesse espaço. Ali também haverá exposições de mangás, filmes, games e ikebanas digitais, além de apresentações de teatro nô e kabuki e da dança parapara (ritmo nascido no Japão, que se assemelha ao movimento disco).
O nono andar, batizado de “Ohno 101+Kusuno”, faz homenagem à dança butô, aos 101 anos do mestre Kazuo Ohno e ao coreógrafo Takao Kusuno, introdutor do butô no Brasil. Em um espaço de sombras e chão irregular, que obriga o visitante a caminhar devagar e com atenção, atores brasileiros percorrem o espaço como fantasmas, emergindo da penumbra. Dentre as apresentações, destaque para o espetáculo “Kuu”, de Yoshito Ono (filho de Kazuo) (15 e 16 de março), e “Foi Carmem”, com Emilie Sugai (22 e 23 de março).
Um Bia Gaden (“beer garden”) será montado no último andar do prédio. A idéia é reproduzir os “jardins de cerveja” que os japoneses costumam freqüentar no verão para beber, cantar e se divertir. Ainda no decorrer do projeto “Tokyogaqui”, o andar vai revelar alguns segredos do bairro da Liberdade, como doces de casamento fabricados artesanalmente, esculturas gastronômicas, design de alimentos e embalagens. Tudo para pontuar e ressaltar a importância e o universo da comida japonesa.
Também estão previstos shows com a funkeira japonesa Tigarah e espetáculos da bailarina de kabuki Heidi Durning, mas estes ainda aguardam confirmação.

Serviço:
  • Tokyogaqui
  • 0nde: Unidade Provisória SESC Avenida Paulista
  • endereço: Avenida Paulista, 119 – Estação Brigadeiro – São Paulo
  • quando: De 15 de março a 4 de maio. A bilheteria funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 22h; sábados domingos e feriados, das 10h às 19h
  • quanto: O valor muda de acordo com a apresentação
  • contato:Tel.: (11) 3179-3700
Postar um comentário